Imprensa

» 19/02/2016
Destemperados
Compartilhe

O Famiglia Gelain é um daqueles restaurantes que sempre vai figurar no resultado do buscador quando as palavras-chave forem comida italiana e chatarra louca em Caxias do Sul. É um clássico da cidade (ô cidadezinha que tem clássicos, hein!) e eu lamento profundamente por não morar desde pequena na Serra Gaúcha e, por essa razão, não poder dizer que frequento o Gelain desde sempre.

Eu já havia comido no Gelain há algum tempo, quando ainda nem morava Gringolândia, e recebi a missão Destemperada de voltar lá e ver como andavam as coisas desde o post da Lela em 2010. Pois olha, ao que parece, andam do mesmo jeitinho...

Passados alguns minutos que estávamos ali sentados (o garçom já havia anotado os pedidos de bebida), reparamos que não nos trouxeram menu. Logo nos lembramos que o negócio ali funciona daquele jeito: senta e come. Não há o que escolher. O que é ótimo para uma pessoa indecisa frente a um cardápio, como eu. A casa trabalha desde sempre neste mesmo esquema, servindo uma rodada com repetição livre do que há de melhor na culinária italiana.

Em questão de minutos, a mesa começou a ficar repleta de travessinhas. Muitas travessinhas. Muitas mesmo. De início, chegaram essas três belezuras: radicci com bacon, salada de batata e queijinho frito.

Close nele. Dourado, cascudinho por fora e derretido por dentro. Assim é queijinho frito. A pergunta é velha, mas sempre válida: por que mesmo que essa iguaria só se come na Serra Gaúcha?

A salada de batata também merece brilhar com um parágrafo próprio. É daquelas sem cenoura, sem milho, sem azeitona. A batata e a maionese reinam absolutas. Simples e gostosa, como deve ser. O garçom ainda trouxe um molho caseiro de pimenta para comer junto. Se eu usasse a expressão top, eu diria que a combinação ficou top  (mas não falo top.)

É claro que a polentinha frita não ficou de fora dessa farra gastronômica.

Nesse momento, deixei a vergonha de lado peguei o drone que estava guardado na bolsa e fiz imagens aéreas da mesa. Percebeu que chegaram mais  duas travessinhas para completar? Tortéi e bife à milanesa.

O tortéi do Gelain é considerado um dos melhores de Caxias. Percebe o peso desse título em uma cidade em que existem centenas de restaurantes que oferecem comida italiana? Pois é. E é bom mesmo.

Mas do que eu gostei mesmo foi do bife à milanesa. Bah! A casquinha de fora sequinha e crocante e o bife, dentro, super macio. De comer todos os dias!

Eu já estava achando mais que suficiente até aí, mas claramente a Famiglia Gelain tem um conceito de mesa farta um pouco mais amplo que o meu. Ainda foi servido um espaguete com bacon, salsinha e queijo. Massinha caseira, nada de molho. Aprovadíssima!

Quando vi o garçom se aproximar da nossa mesa com bifes na chapa eu pensei "não pode ser verdade". Mas era. E ainda bem que era. É difícil encontrar bifinhos assim, fininhos e suculentos, que lembram aqueles feitos pela avó.

Se eu estava satisfeita? Claro que sim. Se por essa razão não havia sobrado espaço para a sobremesa? Negativo. Afinal, uma coisa não tem nada a ver com a outra. O sagu com creme do Gelain é famoso e eu não seria maluca de dispensar. Pensa num sagu bom! E olha que nem sou a maior adoradora de sagu da paróquia.

Por esta farta experiência no Gelain pagamos uma conta de R$ 120,00 para duas pessoas, com (uns quantos) refrigerantes, e saímos de lá com as configurações de chatarra atualizadas.

Fonte: Destemperados
http://goo.gl/hNTqQy

Voltar
x

Faça seu pedido de entrega online:

Ifood Famiglia Gelain Uber Eats Famiglia Gelain